FIFA decide que Palmeiras tem de pagar os 30% de Borja ao Atl. Nacional

O Atlético Nacional da Colômbia publicou notícias em seu site oficial na quarta-feira, a FIFA tomou uma decisão favorável na denúncia contra o Palmeiras, que envolveu um pagamento de 30% do direito econômico contra o atacante Borja , O valor é de US $ 3 milhões (cerca de R $ 16,2 milhões).

Segundo a equipe colombiana, o Verdão agora tem 45 dias para pagar a dívida. Se esse valor não for pago, a Palmerirenses poderá ser impedida de registrar novos atletas em disputas nacionais e internacionais.

Palmeiras disse que essa decisão não é definitiva e o caso ainda está em fase preliminar. Para o clube alviverde que recorrer ao CAS (Tribunal Arbitral do Esporte), não há risco de ser sancionado pela FIFA nesta fase do processo.

-Nós prestamos atenção especial à decisão recém-lançada pela FIFA. Juan David Perez Ortiz, presidente da equipe colombiana, disse:

Em fevereiro de 2017, o Palmeiras comprou 70% dos direitos econômicos de Borja por US $ 10,5 milhões (cerca de 33 milhões de reais na época). No título, o Verdão pode comprar o restante e, se os colombianos não o comprarem, será negociado em agosto de 2019.

O clube reconheceu essa obrigação, mas alegou ter uma interpretação diferente do contrato e não havia prazo para pagamento – Borja emprestou a Junior Barranquilla até o final da temporada. Interessado no lateral direito do Atlético Daniel Muñoz, o conselho do Palmeiras tentou resolver essas duas negociações imediatamente.

Levando em conta a situação financeira do clube, o Palmeiras pagou do Uruguai ao Banco Nacional dois terços da parcela de março de Marchia. A última parte será paga em abril, mas o Verdão exige que o Uruguay Club pague esse valor apenas na segunda metade do ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Releated

Sampaoli

Sampaoli ameaça deixar o Atlético-MG caso os salários não sejam regularizados

Além de solicitar mais reforços para a equipe, o técnico Jorge Sampaoli também fez duras denúncias nos bastidores do Atlético-MG, envolvendo atrasos no pagamento do salário da equipe. Segundo informações inicialmente divulgadas pela Rádio 98FM, se o salário do grupo não fosse pago, o treinador teria renunciado ao cargo em dezembro. Segundo fontes do conselho […]