Corinthians e São Paulo caem e Inter passa a ter a 3º maior receita do Brasil

Preocupar-se com o Corinthians não é apenas dívida. Quando os bônus do torneio se tornam significativos, o declínio na renda está diretamente relacionado à perda do desempenho esportivo. De acordo com um estudo recente realizado pela Value Sports, o Corinthians perdeu 9% de sua renda em 2019 em comparação a 2018. Como resultado, a calção de São Paulo caiu de terceiro para quinto no ranking de receita de clubes brasileiros.

Em comparação com pesquisas anteriores, São Paulo também perdeu 2%, caindo para o sétimo lugar. Com esse resultado e os bons resultados acumulados na Libertadores – as quartas de final – e a venda de jogadores como Nico López por US $ 8 milhões, o Internacional aparece em terceiro e está em terceiro. Suponha que o país ocupe o terceiro lugar, perdendo apenas para o Flamengo e Palmeiras.

A receita da Internacional foi de R $ 441 milhões, superior ao quarto lugar: Grêmio (R $ 440 milhões), Corinthians (R $ 425 milhões), Santos (R $ 399 milhões) e São Paulo (R $ 398 milhões) Seoul). Os líderes de 20’19 são flamenco (reais 950 milhões de reais) e Palmeiras (reais 641 milhões de reais)

“Este prêmio é muito importante. Agora representa 7% da receita do clube e está muito próximo dos patrocinadores. Os patrocinadores perderam o significado e agora alcançam 9%”, disse Amir Somoggi, analista da Value Sports. Sem contar as vendas de jogadores, o Corinthians ficará em quarto lugar com o Inter e retornará para o terceiro. Mas é importante considerar que, se o Corinthians não vende atletas, é porque não há demanda. Talvez seja por causa da baixa competitividade em competições nacionais e internacionais.

Apesar do aumento da receita, a Inter de Milão ainda está preocupada em ter a segunda maior dívida da equipe brasileira. Dos 794 milhões de reais devidos pelo Colorado, 330 milhões de reais referem-se a estádios. Mas o clube não precisa pagar um centavo, porque está ligado ao compartilhamento de dívidas do consórcio Brio que administra a Beira Rio. O Banco Pactual e Andrade Gutierrez têm o direito de explorar novos espaços, como cabanas, lojas e edifícios de garagem. Conforme o tempo passa, esse valor desaparece, porque o pagamento é feito pela exploração do espaço.

No entanto, segundo a pesquisa da Value Sports, as companhias aéreas internacionais têm um déficit de R $ 3 milhões em 2019. Menos do que o déficit de São Paulo (156 milhões de reais) e o déficit de Corinto (177 milhões de reais). O fato de a Inter de Milão ter ultrapassado os dois adversários de São Paulo é uma reminiscência de meados dos anos 2000, quando o programa de parceiros apoiadores fez o Internacional arrecadar 33 milhões de reais por ano, enquanto o Corinthians arrecadou 30 reais em três milhões.

Na época, o presidente Fernando Carvalho comemorou os resultados do programa de parceria porque era impossível comparar a receita de patrocínio com Porto Alegre, em São Paulo. Em outros aspectos, graças a um parceiro, a Inter de Milão agora pode vencer o Corinthians e São Paulo e se tornar o terceiro clube de maior renda do Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Releated

Sampaoli

Sampaoli ameaça deixar o Atlético-MG caso os salários não sejam regularizados

Além de solicitar mais reforços para a equipe, o técnico Jorge Sampaoli também fez duras denúncias nos bastidores do Atlético-MG, envolvendo atrasos no pagamento do salário da equipe. Segundo informações inicialmente divulgadas pela Rádio 98FM, se o salário do grupo não fosse pago, o treinador teria renunciado ao cargo em dezembro. Segundo fontes do conselho […]